Publicado em Deixe um comentário

Entrevista com Guilherme Nafalski, autor de UNASUL: uma perspectiva de integração política sul-americana

Entrevista concedida a Antônio do Amaral Rocha

Alfa-Omega – Poderia explicar por que a assinatura do Tratado Constitutivo da União de Nações Sul-Americanas, a Unasul, define-se como um momento novo, uma possiblidade da realização da política em uma esfera em que sua aparição costuma ser bastante rara?
Guilherme Nascimento Nafalski: A Unasul é um instrumento novo, não apenas porque é recente, surgiu a pouco tempo. A Unasul é uma organização que muda a forma, o formato, da integração. Ela é possível porque um discurso que antes não tinha voz, passa a ter, disputando o próprio conceito de integração, propondo não um conjunto de trâmites comerciais e econômicos, mas a constituição de uma de uma identidade sul-americana.
Ao surgir depois de gerida em partidos de oposição, que não tinham espaço nos governos e nos processos de integração, em contraposição a um movimento neoliberal, o discurso se fortaleceu antes de se tornar oficial. Quando há o esgarçamento do processo de integração pela via neoliberal, apresentado pela proposição da Área de Livre Comércio da Américas, a Alca, este discurso toma força e conquista espaço, ganhando governos e, juntas, em diferentes países, apresenta uma nova possibilidade de construção. Um acontecimento político.

Continuar lendo Entrevista com Guilherme Nafalski, autor de UNASUL: uma perspectiva de integração política sul-americana