O Cordel do Manifesto Comunista

R$36,00

Título: O Cordel do Manifesto Comunista
Autor: Medeiros Braga
Ano: 2006
Edição: 3ª
Páginas: 98 pp.
ISBN: 85-295-0057-1

Descrição

O Cordel do Manifesto Comunista, que tem por base a primeira teoria revolucionária da história, escrita por Marx e Engels, é um trabalho que tenta popularizar, tornar de mais acessível compreensão, uma obra conhecida como um tratado político de maior influência mundial. Mais conhecido como Manifesto Comunista ou Manifesto do Partido Comunista, este documento foi escrito em 1847 e lançado em vários idiomas a partir de 1848. Por mais de século e meio, portanto, o Manifesto continua sendo lido, hoje, por leitores no mundo inteiro.

Este cordel mostra, baseado no documento original, a existência da luta de classe, escondida sob os tapetes da história; a supremacia burguesa sobre o feudalismo; o estabelecimento do sistema capitalista com seus renovados meios de produção e troca, e a avassaladora e sempre crescente exploração dos trabalhadores, que ocorre pela manutenção do processo de acumulação.

Dessa forma, transformado em instrumento de conscientização política, o cordel traz à tona um conteúdo capaz de efetivar os seus objetivos nas informações do processo histórico, sobretudo, a partir da Idade Média com o aparecimento e a consolidação da classe burguesa, o descobrimento de novas terras e a sua colonização, seus novos mercados, a necessidade de modernização dos meios de produção, dos transportes com embarcações motorizadas e o trem de ferro, bem como, o invento do telégrafo e o aperfeiçoamento da divisão social do trabalho.

Medeiros Braga reafirma a sua crença marxista-leninista. Com o dom de autêntico artista do povo leva, aos trabalhadores do Brasil, os ensinamentos de Marx e de Engels expressos neste genial trabalho em verso.

Informação adicional

Peso 0.198 kg
Dimensões 21 × 14 cm

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “O Cordel do Manifesto Comunista”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *